eu-empresa-uma-maneira-de-ver-formulação-do-problema-27.03.2020
Assine para receber em primeira mão nosso conteúdo exclusivo. 
LISTA VIP

A Habilidade de Solucionar Problemas

A frase do título não é minha, é de Kenneth Burke, filósofo e teórico da literatura norte-americana. Quando me deparei com ela há alguns dias, despertou em mim uma reflexão sem fim.

Então, decidi compartilhar com você os pensamentos que fervem na minha cabeça, quem sabe assim ela se tranquiliza. Tudo começou quando eu conectei a frase com outro fato que aconteceu no mesmo dia.

Liguei a TV na CNN Brasil buscando me atualizar com relação à pandemia pelo Covid-19, e acabei entrando no meio de uma entrevista online, onde os apresentadores entrevistavam um casal de comentaristas. Cada um deles em suas casas, provavelmente em quarentena, isolamento domiciliar ou distanciamento social (termos bem atuais).

Ela observou o mundo somente através dos seus olhos

Nesta entrevista me chamou a atenção a fala da comentarista que reclamava da falta de coordenação entre os governadores dos estados do Brasil, e entre eles e o Governo Federal. Que isso era um absurdo porque estava deixando a todos trancafiados e sem saber de nada.

Daí pensei: nossa, simplista demais! Será mesmo que ela acha que um problema como esse, que está no colo do alto escalão dos governos federal, estadual e municipal, cientistas, estrategistas, altos executivos e líderes do Brasil e no Mundo, seria mesmo algo simples de resolver?

Apesar de ter criticado a moça por pensar no assunto somente pelos seus olhos, sem considerar a complexidade da questão, entendi a revolta. A maioria de nós humanos falhamos mesmo em observar problemas.

A Formulação do Problema

Tendemos a pular as fases complexas e importantes de um processo decisório e olhamos somente para a solução imediata e simplista.

No entanto, sou da escola que acredita que para ter soluções eficientes você precisa primeiro entender exatamente qual é o problema. Perguntas como, qual é o problema? Quais as causas? O comportamento é igual em cenários diferentes? Quais são as restrições que impedem as soluções simples? Quem é o dono do problema? Quem são os principais atingidos pelo problema? Quais são os problemas derivados dele? Devem ser feitas!

Chamo esta construção de Formulação do Problema, composta por:

  • Reconhecer o problema
  • Estruturar o problema
  • Gerar soluções
  • Decidir
  • Convencer envolvidos

Veja que resolver problema é bem diferente de tomar decisão, sendo que esta é uma das últimas etapas do processo decisório.

Velhos remédios funcionam em novas doenças?

Nesta era do ágil e prático, a tendência é de pularmos as fases (1) e (2) e irmos direto para a solução, sem analisar e validar. Entramos no modo “implementação” e vamos corrigindo no caminho. Pode até funcionar para problemas comuns, aqueles que acabamos resolvendo por analogia.

Eu mesma faço isso com frequência, quando me perguntam sobre uma solução simples vou logo buscando nos meus arquivos de memória por situações similares, mas garanto, para problemas complexos somente esta ferramenta não funciona, siga as 5 etapas acima.

Organizações estão procurando pessoas realmente boas em resolver problemas

Não é à toa que a Habilidade de Solucionar Problemas foi considerada a competência mais importante de 2020 pelo Fórum Econômico Mundial. Foi também listada como fundamental para 1/3 dos trabalhadores.

As pessoas ficam ansiosas em resolver o problema e já vão direto para as ideias de solução, sem ao menos entender direito o que está acontecendo e com isso sem imaginar as reais consequências e impactos das decisões.

E detalhe, mesmo assim podemos falhar, ainda mais em problemas novos e complexos como o do Covid-19. As decisões são testadas e medidas, podendo sofrer modificações a toda hora. É o famoso trocar as rodas com o carro andando.

A Lei de Maslow

O como você olha e entende o problema é fundamental para chegar na solução.

Abraham Maslow, além da famosa Pirâmide das Necessidades, formulou o que chamam de Lei do Instrumento ou Lei de Maslow, onde diz que limitamos as soluções com base nas ferramentas que já temos. Exemplificando, tendo um martelo, toda solução parecerá um prego.

Depois de tudo o que escrevi, estou mais tranquila e espero que a comentarista da CNN Brasil também esteja mais calma. Não está fácil para ninguém, porém quem souber trabalhar a Habilidade de Solução de fato, considerando a Formulação do Problema, estará com um enorme passo a frente dos demais.

Baixe o e-book: Como solucionar problemas de forma ágil